Meu medo

Não me apego ,
pois temo a felicidade passageira. 
Tenho receio do amor ,e a tristeza me persegue ,
 mais o que me consola , 
são suas lagrimas que por vez caem em meus ombros.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

A maneira que encontra para viver

Nunca direi adeuz