Saldades

Saudades de quando eramos crianças,
pois eramos simples de coração
E nossos olhos puros revelavam,
o nosso inocente Amor 

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

A maneira que encontra para viver

Nunca direi adeuz